Decisão do juiz Wilson Leite Corrêa, da 1ª Vara de Jardim, município distante 226 quilômetros de Campo Grande, condena o pastor evangélico Laertes Rogério Berbek por estupro.

A sentença previa pena de quatro anos de reclusão, além de um ano e cinco meses de detenção em regime fechado. Entretanto, ele poderá permanecer em liberdade, enquanto impetra recurso à decisão.

Berbek está livre desde 5 de abril de 2005. Ele é pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular em Jardim e foi preso em 27 de fevereiro do mesmo ano pelo crime.

A decisão do juiz atende à ação penal proposta pelo MPE (Ministério Público Estadual) a qual revela que o pastor tentou agarrar uma funcionária do templo. A chegada de uma pessoa impediu a violência sexual.

Fonte: Campo Grande News