O meia-atacante evangélico Kaká, foi eleito o melhor jogador da Copa das Confederações. Em eleição organizada pela Fifa, o jogador ficou à frente de Luís Fabiano, segundo colocado e artilheiro do torneio, e do americano Dempsey, respectivamente segundo e terceiro.

A eleição foi feita com base em uma votação de todos os jornalistas credenciados para fazer a cobertura da competição, nos últimos três dias antes da decisão deste domingo entre Brasil e Estados Unidos.

Mesmo sem marcar na final contra os americanos, Kaká foi eleito ainda o melhor jogador da final. A decisão da Fifa surpreendeu, já que era esperado que Luís Fabiano fosse escolhido, pelos dois gols marcados na partida.

Kaká fez dois gols na competição, ambos na partida de estréia da Seleção Brasileira no torneio, na vitória por 4 a 3 sobre o Egito. Além do prêmio de Kaká e Luís Fabiano, o elenco brasileiro levou mais dois troféus na competição na África do Sul.

Luís Fabiano levou o troféu “Chuteira de Ouro” por ter sido o artilheiro da Copa das Confederações e a Seleção ganhou a taça “Fair-Play” por ter sido a mais disciplinada ao longo do torneio.

Fonte: Terra