O meia-atacante do Milan e da seleção brasileira, Kaká, se encontrou na tarde desta sexta-feira com o presidente Lula na Granja do Torto, residência oficial da presidência.

Durante o encontro, Kaká presenteou Lula e a primeira-dama Marisa Letícia com camisas autografadas do Milan (uma vermelha e outra branca), além de outra camisa com os dizeres I belong to Jesus (Eu pertenço a Jesus) – que foi usada durante a vitória do Milan sobre o Boca Juniors por 4 a 2, e rendeu o título do Mundial de Clubes ao time italiano.

O jogador estava acompanhado de sua esposa, Caroline, e de alguns familiares. Kaká passa as festas de final de ano em Brasília, local onde nasceu.

O ano de 2007 foi marcante para Kaká. Com a camisa do Milan, o meia conquistou a Liga dos Campeões e o Mundial de Clubes. Além disso, foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa (com pontuação recorde) e recebeu a Bola de Ouro da revista France Football.

Antes do encontro com Lula, Kaká foi condecorado pelo governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, Embaixador do Esporte, da Educação e da Cidadania do Estado.

“Estou feliz com esta homenagem da cidade em que eu nasci”, afirmou Kaká. “Nós temos muito orgulho de ter um talento como esse na nossa cidade: um exemplo dentro e fora do campo que merece qualquer título”, respondeu o governador de Brasília.

Fonte: UOL