Apesar da crise mundial, o mercado gospel não enfrenta estas dificuldades. Análises de especialistas do setor indicam que o mercado de produtos evangélicos deverá crescer 30% neste ano.

Apesar da crise mundial, o mercado gospel não enfrenta estas dificuldades. Análises de especialistas do setor indicam que o mercado de produtos evangélicos deverá crescer 30% neste ano.

A indústria de produtos e serviços para cristãos movimenta por ano mais de R$ 1 bilhão, num país com mais de 30 milhões de evangélicos — a projeção é de que essa população aumente para 50 milhões até 2020. Junto com este crescimento aumenta, na mesma proporção, o consumo de produtos como Bíblias, CDs, DVDs e acessórios.

No mercado fonográfico, segundo a Associação Brasileira de Produtores de Discos (ABPD), a música gospel nacional ocupa a segunda colocação entre os gêneros musicais campeões em venda, atrás somente do pop-rock. A produção literária também não fica para trás, são publicados, anualmente, mais de 20 milhões de títulos, os evangélicos lêem, em média, 7,1 obras por ano.

Segundo dados do último censo realizado pelo IBGE, a população evangélica representava no ano de 2000 15,4% da população, o numero de evangélicos cresce em media 7% ao ano.

Dentro deste contexto de crescimento, as crianças, sendo as donas do Reino de Deus, não poderiam ficar de fora. Entre zero e 14 anos, o Brasil soma mais de 50 milhões de pequenos cidadãos.

Já é possível encontrar lojas especializadas em materiais para evangelização das crianças, como é o caso da loja Universo da Criança, a primeira loja de Fortaleza nesse segmento infantil. ´A nossa missão é difundir o evangelho a todas as crianças de forma criativa e divertida, a fim de que entendam e vivam a Palavra de Deus´, diz a empresária Juliana Tie.

Fonte: Diário do Nordeste