Os atendimentos gratuitos pelo HE (Hospital Evangélico) de Dourados, MS, vão continuar mesmo após o fim do convênio com o SUS (Sistema Único de Saúde) a partir de 7 de novembro.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, pacientes carentes poderão solicitar atendimento gratuito na instituição. O setor de assistência social do HE vai estudar os pedidos.

Ainda segundo a assessoria de imprensa, um comunicado público sobre a forma de atendimento será publicado em jornais de circulação de Dourados na segunda-feira, dia 8.

A instituição recebia R$ 15 milhões do SUS, mas pleiteava R$ 21 milhões. O governo estadual ofereceu R$ 19,1 milhões ao ano para tentar auxiliar na crise financeira do hospital, proposta que foi rejeitada.

O HE é considerado referência para a região sul do Estado, e possui uma média de internação de 1,8 mil pacientes por mês. Deste total, 1,6 mil seriam originárias do SUS.

Fonte: Campo Grande News