Milhares de fiéis oraram, este domingo, na Coreia do Sul, pelos concidadãos feitos reféns no Afeganistão. Um serviço religioso especial, em Seul, teve como objectivo implorar a libertação dos 21 missionários capturados pelos talibã.

Na capital sul-coreana, milhares de cristãos reuniram-se numa igreja Evangélica, a mesma confissão religiosa dos reféns. Do grupo inicial de 23 voluntários, foram já abatidos dois homens.

Restam 21 reféns, 18 são mulheres. Numa altura em que as negociações ainda não deram qualquer resultado, os sul-coreanos rezaram pela libertação de todo o grupo.

Fonte: TVI