Em visita ao Conselho de Igrejas de Cuba (CIC), o ministro de Religião do Sultanato de Omã, o xeique Addullah Mohammed Addulah Al Salmi, declarou que o mundo de hoje precisa adotar o estilo de vida e a visão da fé, do ponto de vista da religião, seja ela qual for.

O xeique afirmou que encontrou, na sua visita, muito da moral e da ética que, mesmo resultantes de uma plataforma comum de todas as religiões, devem ser observadas sempre no diálogo inter-religioso,

A delegação de Omã foi recepcionada na sede do CIC, nesta capital, pelo presidente do organismo, reverendo Marcial Miguel Hernández, e diretores. Addullah Mohammed agradeceu a recepção e admitiu que encontrou, em todo lugar na Ilha onde foi, muito respeito e cortesia, desde a sua chegada.

Cristãos e muçulmanos dialogaram, num ambiente de fraternal entendimento, sobre temas de interesse comum, como a composição religiosa da população cubana, as religiosidades praticadas em Cuba, a presença do Islã na ilha, e dados sobre a história do país asiático e suas tradições comerciais e religiosas.

O Sultanato de Omã é um país localizado no sudoeste da Ásia, que faz limites com os Emirados Árabes Unidos, a Arábia Saudita e com o Iêmen. Sua economia está baseada, basicamente, na exploração das reservas de gás natural e petróleo.

Fonte: ALC