[img align=left width=300]https://thumbor.guiame.com.br/unsafe/840×300/top/smart/media.guiame.com.br/archives/2015/03/02/1584436053-eneas-tognini.jpg[/img]

Faleceu na manhã desta quarta-feira (9), aos 101 anos de idade, em São Paulo (SP), o Reverendo Enéas Tognini, fundador da Igreja Batista do Povo e do Seminário Teológico Batista Nacional.

No início de março deste ano, o pastor Enéas foi submetido a uma cirurgia de emergência, para retirar um tumor do intestino. Apesar da idade avançada, sua boa recuperação pós-cirúrgica chegou a deixar a equipe médica otimista. Cerca de uma semana depois do procedimento, Tognini recebeu alta do hospital, porém o líder passou a ter acompanhamento médico regularmente em sua casa.

Em nota enviada ao Portal Guiame, o atual líder da Igreja Batista do Povo, Pastor Jonas Neves lamentou o falecimento do amigo.

Confira abaixo:

[img align=right width=300]https://thumbor.guiame.com.br/unsafe/smart/media.guiame.com.br/archives/2015/09/09/1678120661-.jpg[/img]“Com pesar, comunico o falecimento do colega e amigo amado pastor Enéas Tognini.

Pastor, professor, escritor, fundou o Seminário Teológico Batista Nacional (STBN), e a Igreja Batista do Povo. Avivalista, é reconhecido como um dos maiores responsáveis pelo movimento de renovação espiritual da Igreja Evangélica Brasileira e pela criação da Convenção Batista Nacional.

A saudade causada pela ausência do nosso Pastor Enéas é compensada pela lembrança dos muitos frutos deixados e pela certeza de que nos encontraremos na Glória.

Que o Espírito Santo de Deus console os familiares, as ovelhas da IBP e os amigos!

Pr Jonas Neves de Souza”

[b]Histórico [/b]

Enéas Tognini ajudou a escrever parte da história da igreja cristã protestante no Brasil. Filho de imigrandes italianos e nascido em 20 de abril de 1914, no município de Avaré (SP), formou-se em Teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, no Rio de Janeiro. Chegou a pastorear as igrejas Batista do Barro Preto (Belo Horizonte) e a Batista de Perdizes (São Paulo).

Sua influência estendeu-se sobre líderes, não apenas da igreja Batista, mas de diversas outras denominações.

Já na década de 1960, Pastor Enéas foi um dos grandes líderes do avivamento espiritual, que originou a Convenção Batisa Nacional (CBN) e tornou-se presidente desta entidade.

Seu nome acabou sendo sempre ligado à obra pentecostal por pregar a doutrina do chamado Batismo no Espírito, fazendo sempre menção também dos dons espirituais.

Ao longo de seu ministério, o fundador da Igreja Batista do Povo e do Seminário Teológico Batista Nacional conquistou respeito, como líder espiritual e também como professor e orientador educacional. Prova disto é que chegou a trabalhar também em outras instituições de ensino, como o Colégio Batista Brasil e a Faculdade Batista de Teologia.

Escritor conceituado na literatura cristã nacional, pastor Enéas lançou mais de 48 livros, foi reconhecido como membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil e chegou a presidir a Sociedade Bíblica do Brasil.

Já em 2002, foi agraciado com com o título de Cidadão Paulistano.

Enéas Tognini deixa a esposa Élia e suas duas filhas, Dinéa e Edna.

Informações sobre o ofício fúnebre e o sepultamento serão divulgadas em breve.

[b]Luto[/b]

O corpo do pastor Enéas será velado na Igreja Batista do Povo, a partir das 14h. Também haverá um culto cerimonial, posteriormente, às 19,00h na própria IBP.

O sepultamento do corpo será realizado nesta quinta-feira (10), às 9,00h, no Cemitério São Paulo, Rua Cardeal Arcoverde nº 1250.

[b]Fonte: Guia-me[/b]