Louis Carlos de Andrade e Vera de Andrade, filhos adotivos de Viviane Freitas, filha de Edir Macedo, líder da IURD
Louis Carlos de Andrade e Vera de Andrade, filhos adotivos de Viviane Freitas, filha de Edir Macedo, líder da IURD

Após a emissora portuguesa TVI anunciar a exibição de uma série de reportagem que acusa a Igreja Universal do Reino de Deus de criar uma rede de adoções ilegais de crianças (assista ao primeiro episódio da TVI no final desta matéria), os netos adotivos do bispo Edir Macedo se pronunciaram em vídeo.

O conteúdo foi divulgado através do canal oficial da Igreja Universal no YouTube. No vídeo, Louis Carlos de Andrade e Vera de Andrade, filhos adotivos de Viviane Freitas, criticam a reportagem: “Não é justo o que estão fazendo com a gente, queremos direito de resposta”.

Em material de divulgação da série O segredo dos Deuses, que estreia nesta segunda-feira (11), a TVI afirma que a adoção dos irmãos teria origem no esquema de tráfico de crianças, nos anos 1990.

No vídeo, Louis Carlos de Andrade afirma que eles estão emocionalmente abalados com a recente perda de um irmão, falecido em decorrência de problemas cardíacos, e critica a postura da rede televisiva portuguesa: “Estamos emocionalmente abalados e a TVI está dizendo coisas à nosso respeito que não são verdadeiras. Estão dizendo que nós fomos raptados pela cúpula da Igreja Universal, mas nós não fomos raptados”, afirma o neto adotivo de Edir Macedo.

“Nós fomos adotados de forma legal por uma família norte-americana e vivemos até os nossos 20 anos com essa família nos Estados Unidos”, continua Louis, afirmando que os irmãos possuem dupla cidadania, norte-americana e portuguesa. “Fomos acolhidos por uma família que nos ama e vivemos muito bem com eles. Queremos dizer à TVI que não é justo, de forma nenhuma, o que eles estão fazendo conosco. E queremos o direito de resposta a vocês”, diz o rapaz.

No vídeo, Vera de Andrade continua a fala do irmão: “Em Portugal existem três entidades de credibilidade: a Santa Casa de Misericórdia, o Tribunal de Família de Lisboa e a Segurança Social. E essas três entidades autorizaram a nossa adoção. Fizeram uma reportagem sem abordar esses três e sem verificar estes processos. E, ainda, basearam a vossa reportagem em fatos que não são verdadeiros”. Ela ainda apresenta os passaportes e afirma que a equipe de reportagem deveria checar a legalidade dos irmãos com a embaixada norte-americana.

“Não é justo o que estão fazendo com a gente. Pelo menos deveriam nos respeitar e, com certeza, o jornalismo da TVI perdeu qualquer credibilidade. Quero dizer, como cidadã portuguesa, que eu vou exigir o meu direito, por me sentir lesada, e, desde já, eu e meu irmão proibimos que a nossa imagem ou nome seja divulgado na TV ou em qualquer outro meio social”, afirma Vera.

Assista ao depoimento dos irmãos:

Denúncia

A emissora de televisão TVI, de Portugal anunciou a exibição da série de reportagens O segredo dos Deuses, com dez matérias, a partir desta segunda-feira. O material, baseado em um processo de pesquisa de sete meses, com dez mil documentos e 40 processos consultados, denuncia uma rede de adoções ilegais que levaria crianças portuguesas para outros países pelos bispos e pastores da Igreja Universal do Reino de Deus, fundada por Edir Macedo há 40 anos.

Segundo a reportagem, o mecanismo para o tráfico era o Lar Universal, mantido pela Igreja Universal de Lisboa, nos anos 1990. Os abrigos receberiam crianças roubadas de famílias em situação financeira difícil que seriam adotadas, irregularmente, por bispos e pastores da igreja. Segundo Alexandra Borges e Judite França, jornalistas responsáveis da série, casos diversos serão noticiados nas reportagens.

Assista ao primeiro episódio da série O Segredo dos Deuses:

Fonte: Diário de Pernambuco