Em ato realizado no Palácio dos Povos, na Nicarágua , na terça-feira, 21, o presidente Daniel Ortega concedeu títulos de propriedade a 213 igrejas evangélicas de 28 denominações. Em seu discurso, o mandatário invocou a Deus em várias ocasiões, qualificando a queda da bolsa de valores em Nova Iorque como “castigo divino”.

Na cerimônia de entrega dos títulos, Ortega afirmou que onde está o povo, está Deus. “Somos transitórios, e pela vontade Dele estamos, porque nos dá a vida”, manifestou.

O mandatário também agradeceu a Deus por impedir a chegada de um temporal à Nicarágua no último dia 18 de outubro que, segundo técnicos da meteorologia, tratava-se de um “dilúvio”.

Ortega afirmou que a queda das bolsas revela o fracasso do sistema capitalista.

O pastor da Associação de Pastores Evangélicos da Nicarágua, Ramón López, agradeceu o gesto do presidente e da sua esposa, a primeira dama Rosario Murillo, presente na cerimônia. “Agora poderemos administrar fundos no exterior para o impulso de projetos sociais”, indicou.

O pastor da Convenção Batista da Nicarágua, Abel Mendoza, foi o primeiro a receber os títulos de propriedades de denominação, sem custo algum.

Os pastores oraram pela família do mandatário e pelo país. Ortega afirmou estar reconfortado, sobretudo quando o pastor da Igreja de Deus, Felix Tijerino, pôs a mão sobre a sua cabeça e o abençoou.

Fonte: ALC