O papa Bento XVI trocou algumas palavras com Elder Bernice King, filha do líder dos direitos civis afro-americanos Martin Luther King, durante o encontro ecumênico no qual participou da paróquia nova-iorquina de San José.

Elder Bernice participou do encontro que o chefe da Igreja Católica manteve com representantes de outras religiões, já que é reverenda da Igreja batista de Lithonia, na Geórgia.

A reverenda afirmou que durante a breve saudação com o pontífice ele “deu-lhe a bênção”, mas não quis dar mais detalhes do que conversaram. O encontro aconteceu duas semanas depois da comemoração, no dia 4 de abril, do 40º aniversário do assassinato de Martin Luther King.

Fonte: EFE