O Papa Francisco pediu “punição severa” para pedófilos neste domingo (1), depois que surgiram novos detalhes sobre o caso da morte de uma menina italiana de seis anos, em 2014, que teria sido jogada do oitavo andar de um prédio por seu abusador.

“Isso é uma tragédia. Não podemos tolerar o abuso de menores”, disse o Papa, em um improviso durante seu discurso na mensagem e benção deste domingo (1) para dezenas de milhares de pessoas na Praça de São Pedro.

“Temos que proteger as crianças e punir severamente os abusadores”.

A própria Igreja Católica tem sido abalada por escândalos de abusos de crianças. No entanto, Francisco não mencionou os casos, como já fez em outras falas no passado.

Os detalhes que tem surgido no caso da menina Fortuna chocaram a Itália. Depois de reabrir as investigações, a polícia denunciou um homem de 43 anos por ter jogado a menina de um prédio de apartamentos em uma área perigosa de Nápoles, depois de tê-la estuprado. De acordo com a Polícia, o acusado a matou para que não pudesse denunciá-lo.

O homem, que foi acusado de molestar outras crianças e está na prisão, em Roma, nega as acusações.

[b]Fonte: O Dia[/b]