A reunião entre o Papa Francisco e o presidente de Cuba, Raúl Castro, neste domingo (10), após a chegada do líder cubano à Cidade do Vaticano, durou 55 minutos.

A reunião aconteceu no estúdio e salões adjacentes à Sala Paulo VI, o grande auditório onde são realizados os atos vaticanos.

[img align=left width=300]http://www.midianews.com.br//storage/webdisco/2015/05/10/438×291/f99321f764f2bc1c92923764dee80968.jpg[/img]Esse local é o escolhido pelo papa e pelo protocolo vaticano para realizar as reuniões mais familiares ou de caráter menos oficial.

A delegação que viajou com Castro a Roma é composta pelo vice-presidente do Conselho de Ministros, Ricardo Cabrisas Ruiz; pelo chanceler, Bruno Rodríguez Parrilla; e pelo ministro das Forças Armadas Revolucionárias, Leopoldo Cintra Frias.

Também se somam à audiência papal os embaixadores na Itália, Alba Soto Pimentel, e no Vaticano, Rodney López.

Depois da visita ao Vaticano, Castro deve se reunir em Roma com o primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi.

[b]Fonte: Mídia News[/b]