Em comentário divulgado no Portal da Igreja Metodista, o pastor da Assembléia de Deus Betesda do Brasil, Ricardo Gondim, de São Paulo, apresentou 42 “frases (evangélicas?)” que não agüenta mais, dentre elas “nós somos um povo que não conhece derrotas” ou “nossa denominação ainda vai conquistar o mundo”.

Encerrando o comentário com o seu tradicional “Soli Deo Gloria”, Gondim aceita sugestões no sentido de aumentar o repertório das frases-chavões. “Os Estados Unidos são uma bênção porque o presidente deles é crente”, integra esse conjunto de frases de cunho político. Ou o apelo “o Reino de Deus precisa de um candidato na Câmara; vamos eleger nosso irmão que vai fazer a diferença”.

A coleta do dízimo também ganha destaque nas frases que Gondim arrolou no comentário. Uma delas pede oferta especial para “a manutenção do nosso programa de rádio e de TV, pois foi Deus quem mandou pregar na mídia”. Ou, “quando você não entrega o dízimo na casa de Deus, Ele não tem compromisso financeiro com você”. Mas tem apelo muito mais incisivo e forte: “O Espírito Santo está me revelando que existem ladrões nesta igreja que não entregaram seus dízimos”.

A ação do diabo no mundo também é destacada. Uma das frases alerta: “O diabo quer lhe destruir” ou “vamos amarrar os demônios territoriais que estão sobre o Brasil”. Cura de doenças e arranjos de emprego também entram na lista. “Essa doença não existe, ela é apenas uma ameaça do diabo”. “Deus abrirá uma porta de emprego para você, meu irmão”.

Por isso, “venha para Jesus e pare de sofrer”. “Quem quer receber uma bênção de Deus hoje, levante a mão”. “Nada vai impedir que você seja um conquistador”. “Todos os que fizerem a campanha das sete semanas alcançarão seus sonhos”.

Fonte: ALC