Rubens Teixeira, diretor financeiro e administrativo da Transpetro, entrou com dois processos na justiça contra o jornalista Diego Escosteguy, diretor da sucursal de Brasília da Revista Época, por calúnia, injúria e difamação.

Escosteguy publicou no ano passado uma matéria contra Rubens Teixeira, que é pastor da igreja Assembleia de Deus Ministério de Madureira em Marechal Hermes, Rio de Janeiro. Na matéria o jornalista acusa o diretor de ter forjado contratos, dirigido licitações que beneficiam pessoas próximas, além de tentar envolve-lo nos escândalos da Petrobras.

[img align=left width=300]http://noticias.gospelprime.com.br/files/2015/03/xrubens-teixeira-267×200.jpg.pagespeed.ic.52yXuMtG2L.jpg[/img]Rubens Teixeira explicou que decidiu processar Diego Ecosteguy para que ele explique as acusações e apresente suas fontes. Teixeira também explicou que decidiu processar na justiça comum para que seja discutido “ponto a ponto o que ele falou”. A primeira audiência da ação penal já estava marcada, mas estranhamente, o jornalista não foi encontrado para ser citado.

“Para dar o direito de dizer tudo o que sabe a meu respeito, juntamente com suas fontes, movi uma ação penal e uma cível contra ele”, explicou Rubens Teixeira.

A matéria publicada pela Revista Época demonstra um evidente preconceito contra os evangélicos ao repetir por diversas vezes que o diretor financeiro da estatal é um pastor, sem considerar que Teixeira não exerce o ministério pastoral. Além disso, as acusações contra Teixeira foram baseadas em erros factuais, desconsiderando as dezenas de departamentos que o executivo é responsável.

Rubens Teixeira é coautor dos livros “As 25 Leis Bíblias do Sucesso” e “Sociedade com Deus”, ambos escritos em parceria com o juiz federal William Douglas, e abordam questões éticas e comportamento para alcançar o sucesso profissional. Teixeira lançou recentemente o livro “Como vencer quando você não é o favorito”, que traz relatos sobre sua história de superação. Teixeira é um dos autores nacionais mais vendidos nas livrarias brasileiras no ano de 2014.

[b]Fonte: Boa Informação[/b]