O pastor Dmitri Shestakov foi considerado culpado de “incitar ódio religioso” e foi sentenciado a quatro anos de reclusão em uma penitenciária agrícola.

O juiz uzbeque anunciou a sentença verbalmente hoje, e em um ou dois dias a decisão por escrito deve ser publicada. Depois da publicação, o pastor tem dez dias para apelar.

Pedidos de oração:

• Continue a orar pelo pastor. Peça ao Senhor para intervir na situação e que esse cristão fiel e corajoso possa conseguir liberdade. Agradeça a Deus, pois a acusação mais séria contra o pastor – de dirigir uma organização religiosa ilegal – foi retirada. Dmitry esperava que a terceira acusação de “distribuir material promovendo extremismo religioso” fosse retirada por ocasião de uma anistia nos processos judiciais, para celebrar os 15 anos da independência uzbeque. Mas, no fim, isso não aconteceu.

• Peça pelo fim da atual onda de perseguição contra os cristãos no Uzbequistão. Que eles tenham liberdade de cultuar e praticar sua fé sem opressão ou punição das autoridades. Assim como em outros países onde os cristãos são perseguidos, são feitas muitas acusações diferentes contra os cristãos no Uzbequistão, quando tudo o que eles fazem é viver como cristãos e seguir os ensinamentos do Senhor Jesus Cristo.

Fonte: Portas Abertas