O 1º Encontro de Pastores Dirigentes e Líderes, organizado pela Assembléia de Deus Ministério de Madureira de Piracicaba, reuniu cerca de 1.200 pastores, ministros evangélicos e obreiros durante os dias 11, 12 e 13 de junho, no Clube Ìtalo.

Os participantes representam mais de 180 igrejas – 147 do Ministério Madureira em Piracicaba e de outros dez municípios da região, além de 35 igrejas evangélicas de outras denominações que integram o recém-criado Cormeo (Conselho Regional de Ministros Evangélicos e Obreiros), lançado oficialmente na noite de segunda-feira.

“Formar este conselho integrando estas igrejas sempre foi um sonho de nosso pastor presidente Dilmo dos Santos, que está em Piracicaba há quatro anos. Dilmo, que também presidirá o conselho, tem como principal objetivo garantir a liberdade de culto garantida pela Constituição Federal, lutar e defender os interesses dessas igrejas e também da vida pessoal desses pastores que, a partir de agora, conta com um Departamento Jurídico e estão previstas reuniões mensais para discussão dos assuntos concernentes ao dia-a-dia da igreja”, declarou o evangelista Joel de Faria, assessor do pastor Dilmo.

O Cormeo tem o pastor Anísio Pinto, da União Pentecostal Família de Jesus de Piracicaba, na 1ª vice-presidência; o pastor Dílson Antonio Mazzi do Ministério de Madureira como 2º vice-presidente e o pastor Heuvêncio Francisco Alves, da Igreja Presbiteriana Renovada de Piracicaba, como o 3º vice- presidente e outros”. disse o pastor Eliel de Castro, 2º vice- presidente da Assembléia de Deus Ministério Madureira.

Além da instalação do Cormeio, o 1º Encontro de Pastores e Ministros e Líderes discutiu, na terça-feira, temas como a preservação dos rios e do meio ambiente, Lei do Silêncio e a instituição familiar. O primeiro assunto foi abordado pela Bióloga Valdize Capriano. Inicialmente, a palestra seria realizada pelo navegador José Luiz Guigotti, que faleceu na madrugada de segunda-feira.

Fonte: Cosmo Online