O pastor da Igreja Assembléia de Deus, Paulo Brunes de Oliveira, de 37 anos, conhecido como Paulo Marreta, foi preso, ontem, por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) em Nilópolis, na Baixada Fluminense, RJ.

Com ele, os agentes recuperaram um Gol branco, que teve o chassi adulterado e o motor roubado. Na delegacia, o pastor disse ter adquirido o carro com o dinheiro arrecadado da caixinha da igreja.

Após duas semanas de investigação, o veículo foi localizado. O carro teria sido comprado de uma traficante de Nilópolis conhecida como Fofão. Paulo Marreta foi encaminhado para a Polinter, onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: Diário do Nordeste