O apóstolo Valdemiro Santiago e sua esposa, bispa Francileia, serão investigados por fraude na rede de água da Sabesp.

A Polícia prendeu o gerente de uma gráfica de propriedade do líder da Igreja Mundial por furto de água da Sabesp – empresa responsável por coletar, tratar e distribuir água na cidade de São Paulo.

Jorge Alves Lisboa, gerente da gráfica WS Music, foi preso após técnicos da Sabesp investigarem uma fraude na ligação de água da empresa. De acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo, o furto acontecia por uma adaptação no encanamento que levava água ao medidor, desviando a água sem pagar por ela.

O truque teria feito a conta de água da gráfica cair para o valor mínimo nos últimos seis meses: R$ 71,94. A empresa, com 100 funcionários e diversas máquinas refrigeradas, deveria ser de R$ 3.400,00.

Ao prender Lisboa, a Polícia informou que a fraude acontecia há pelo menos seis meses, mas há denúncias que apontam para a possibilidade de o desvio de água vir acontecendo há quatro anos.

O gerente foi liberado após pagar fiança de 10 salários mínimos e vai aguardar o trâmite do processo em liberdade. Lisboa alegou que estava no cargo de gerente da gráfica há apenas seis meses e não sabia da fraude na rede da Sabesp.

Valdemiro e sua esposa, que são os proprietários da gráfica, serão ouvidos pela Polícia durante as investigações e podem ser responsabilizados pelo crime: “Se ele sabia que estava acontecendo e não fez nada para evitar, ou se ele mandou fazer, vai ser responsabilizado. Vai ser indiciado da mesma maneira como coautor”, afirmou o delegado Jan Plzak.

O advogado da Igreja Mundial do Poder de Deus, Rodrigo Braga, esteve na delegacia para colher informações sobre o caso, mas não foi localizado pela reportagem da Folha para comentar a situação.

A Região Metropolitana de São Paulo, assim como outros municípios do estado, atravessa gravíssima crise hídrica devido à falta de chuvas. Os reservatórios de água registram os mais baixos índices de armazenamento das últimas décadas, e um racionamento severo não está descartado pelas autoridades.

[b]Fonte: Gospel +[/b]