Quatro pessoas, todas entre 20 e 30 anos, morreram nesta terça-feira na Província de Kanagawa, no centro do Japão, após inalar monóxido de carbono. A polícia japonesa suspeita de suicídio coletivo, informou a agência de notícias Kyodo.

Os corpos foram descobertos por um montanhista por volta das 9h do horário local (22h em de segunda-feira, em Brasília), em um carro estacionado no acostamento de uma estrada, na floresta próxima à cidade de Yugawara.

A polícia encontrou no carro evidências de que os jovens tinham queimado pedaços de carvão com as janelas fechadas. O método é utilizado por suicidas. No entanto, não foram encontradas notas de suicídio.

O último caso de suicídio coletivo no Japão foi em fevereiro, em Kyoto, quando outras quatro pessoas se mataram em uma caminhonete, inalando monóxido de carbono.

O Japão é o país industrializado com maior taxa de suicídios. Foram mais de 30 mil mortes por ano nos últimos nove anos. Em 2006 aumentaram os casos entre jovens e adolescentes.

Fonte: Folha Online