Ladrões roubaram a medalha do Prêmio Nobel da Paz concedida ao arcebispo Desmond Tutu, mas a peça de ouro foi posteriormente recuperada, informou a polícia sul-africana na segunda-feira.

A superintendente da polícia de Johanesburgo, Thembi Nkwashu, disse que a medalha — dada a Tutu em 1984 por seu trabalho contra o apartheid — estava entre diversos itens levados da casa dele em Soweto, no domingo.

“Prendemos cinco suspeitos e recuperamos alguns dos itens roubados, incluindo, a medalha do Prêmio Nobel da Paz”, afirmou Nkwashu. Tutu estava fora do país quando o roubo aconteceu.

A imprensa local disse que a medalha vale cerca de 1 milhão de randes (137.900 dólares).

Fonte: Reuters