Uma professora de Houston, no Estado americano do Texas, está sendo acusada de ter cortado o cabelo de uma aluna no meio da aula, informou a emissora local KPRC.

Emily Garcia, 14 anos, disse que a docente ignorou a sua religião, que não permite que as mulheres cortem o cabelo. “O meu cabelo é único. Ninguém mais na escola tem um cabelo como o meu.”

A mãe da jovem, Sara Garcia, faz uma trança no cabelo da filha todas as manhãs. “Nunca foi cortado. Nem mesmo quando ela era bebê”, contou.

“Meus amigos perguntam se isso não me incomoda”, disse Emiliy. “Eu respondo que estou acostumada.”

A adolescente contou que a professora de matemática Kerry Sorenson cortou o seu cabelo durante uma aula na última quarta-feira. “Ela começou a rir e eu comecei a chorar”, lamentou.

Kerry está sendo investigada pelas autoridades escolares da região. Mas Emily quer algo mais. “Exijo respostas. Quero entender o por quê”, disse a garota.

Fonte: Terra