Na madrugada, a TV Iguaçu, de Curitiba, que é de Ratinho (ele é dono das afiliadas do SBT, no Paraná), tem duas horas reservadas para o missionário evangélico R.R Soares, da Igreja Internacional da Graça de Deus.

O horário foi vendido por R$ 600 mil mensais. Já o padre católico Reginaldo Manzotti, com sua “Palavra da Fé”, tem programete de dez minutos na emissora, às 10h50.

Mas a assessoria de Ratinho diz que esse horário não é vendido. No SBT, a situação de Ratinho continua indefinida.

O contrato dele venceu em dezembro de 2008. Apesar de muitos no SBT apostarem na renovação, Silvio Santos ainda não chamou o apresentador para conversar.

Fonte: Folha Online