A Igreja Renascer em Cristo divulgou nota na noite desta sexta-feira na qual ressalta que a comunidade seguirá com sua missão de evangelizar e realizar boas obras, apesar da ausência de seus fundadores. Durante o anúncio da sentença, o casal pediu, chorando, “misericórdia” por diversas vezes.

O apóstolo Estevam Hernandes e sua mulher, a bispa Sônia Hernandes foram condenados ontem pela Justiça americana por entrar nos Estados Unidos com dinheiro não declarado. Eles vão cumprir 140 dias de reclusão, mais cinco meses de prisão domiciliar e mais dois anos de liberdade condicional.

“Nós continuamos orando, praticando boas obras, auxiliando o próximo, combatendo o bom combate. Nós oramos por nosso apóstolo e nossa bispa, sabedores de que, cumprida a sentença, estarão de volta para nos orientar de perto. Eles sabem que, até seu retorno, seus irmãos, seu povo, seu rebanho continuam seguindo os caminhos que nos indicaram. Nós continuamos de pé. A Renascer vive”, diz a nota.

Estevam vai começar a cumprir o período de reclusão a partir de segunda-feira. Já Sônia começou, desde ontem, sexta-feira, a cumprir prisão domiciliar. O juiz americano Federico Moreno decidiu dessa forma para que um possa cuidar da família enquanto o outro estiver cumprindo o período de reclusão. Além disso, a Justiça decidiu que cada um deverá pagar uma multa de US$ 30 mil.

Durante o anúncio da sentença, o casal pediu, chorando, “misericórdia” por diversas vezes. Estevam e Sônia são acusados pelos crimes de contrabando de dinheiro e conspiração para contrabando de dinheiro.

Leia a íntegra da nota da Renascer:

“Diante da decisão final da Justiça americana, a Igreja Apostólica Renascer em Cristo reafirma sua fé em melhores tempos.

Nós continuamos orando, praticando boas obras, auxiliando o próximo, combatendo o bom combate. Nós oramos por nosso apóstolo e nossa bispa, sabedores de que, cumprida a sentença, estarão de volta para nos orientar de perto.

Eles sabem que, até seu retorno, seus irmãos, seu povo, seu rebanho continuam seguindo os caminhos que nos indicaram.

Nós continuamos de pé. A Renascer vive.

Agradecemos, neste momento difícil por que estamos passando, a solidariedade que recebemos de nossos fiéis; a solidariedade de tanta gente de Deus, nossos irmãos que, mesmo sem fazer parte da Renascer, estão declaradamente ao nosso lado.

São Paulo, 17 de agosto de 2007

Igreja Apostólica Renascer em Cristo”

Fonte: Folha Online