A igreja Renascer divulgou às 21h30 deste domingo uma nota afirmando que não há mais vítimas sob os escombros causados pelo desabamento do teto da igreja. Até o momento, os bombeiros confirmaram 50 feridos –sendo seis em estado grave– e uma morte no acidente.

O desabamento aconteceu por volta das 19h na sede mundial da igreja, localizada na avenida Lins de Vasconcelos, em São Paulo. Segundo a igreja Renascer, o desabamento aconteceu entre o término do culto das 17h e o inicio do culto das 19h, e cerca de 60 pessoas estavam no interior do templo.

O igreja afirmou ainda que toda a documentação do imóvel estava em ordem, e uma frente voluntária de pastores e bispos já foi montada para percorrer os hospitais que receberam as vitimas.

Os bombeiros possuem 30 carros no local, além de dois helicópteros Águias da Polícia Militar. As vítimas foram encaminhadas para o Hospital das Clínicas, Hospital São Camilo, pronto-socorro Vergueiro, Jabaquara e Vila Maria.

O local está cercado por frequentadores que procuram por amigos e parentes, além de curiosos que tentam acompanhar o trabalho dos bombeiros e dos policiais. A rua foi interditada e muitas ambulâncias tentam retirar os feridos.

Renascer

Fundada em 1986 pelo ex-gerente de marketing da Xerox, Estevão Hernandes, e por sua mulher, Sônia, proprietária de uma boutique em São Paulo, a Igreja Apostólica Renascer em Cristo constituiu nos últimos 20 anos um império da comunicação. O começo da igreja, entretanto, foi modesto: um grupo de oração organizado na casa de Hernandes, que ganhou corpo e se transferiu para uma pizzaria, onde foi criada a igreja.

Fonte: Folha Online