Os responsáveis pelo Santuário de Fátima, em Portugal, que receberá em maio a visita do papa Bento 16, informaram nesta segunda-feira que vândalos atacaram o local, pichando quatro estátuas da igreja da Santíssima Trindade, e as paredes do templo, com referências ao islã.

A nota diz que os atos ocorreram na madrugada passada e que quatro estátuas que cercam a igreja da Santíssima Trindade foram alvo de pichações “com as palavras Islã, lua, sol, muçulmano e mesquita”.

As autoridades do santuário lamentaram o ocorrido e apontaram que a polícia portuguesa investiga o caso.

A polícia disse ter gravações feitas com câmeras de vigilância. Segundo fontes policiais, há no interior da igreja da Santíssima Trindade encontraram mais pichações do gênero. Para a polícia, se trata de um “ato absolutamente isolado, não organizado, nem relacionado com nenhuma organização”.

As quatro estátuas pichadas representam os papas Pio 12, Paulo 6° e João Paulo 2° e o bispo D. José Alves Correia da Silva, principal responsável pelo reconhecimento das aparições da Virgem em Fátima em 1917.

O santuário de Fátima, visitado anualmente por centenas de milhares de peregrinos de todo o mundo, deve receber a visita do papa Bento 16 entre 12 e 14 de maio, quando serão realizadas cerimônias na comemoração das aparições da Virgem, reportadas por três crianças e referendadas pela igreja.

Fonte: Folha Online