A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira, 23, a Operação Canaã, para fiscalizar fazendas e estabelecimentos comerciais da seita Jesus A Verdade Que Marca.

Os líderes do grupo são investigados por supostamente usarem seus seguidores para trabalho ilegal em fazendas e comércios em quatro cidade de Minas: Minduri, Andrelândia, Madre de Deus e São Vicente de Minas.

Integrantes da igreja vendem bens materiais e doam o dinheiro para os líderes.

[b]Fonte: Estadão[/b]