O reverendo Dr. John Saint Helier Gibaut, da Igreja Anglicana do Canadá, será o diretor da Comissão de Fé e Constituição do Conselho Mundial de Igrejas (CMI) a partir de janeiro de 2008.

Especialista em teologia litúrgica e histórica, Gibaut tem ampla experiência ecumênica, de modo especial na esfera do diálogo eclesiástico bilateral, nos âmbitos nacional e internacional. Atualmente, é professor na Faculdade de Teologia da Universidade Saint-Paul, Ottawa, Canadá.

O trabalho da Comissão de Fé e Constituição, que continua “convocando as igrejas divididas à reconciliação, é tão exigente e estimulante para o movimento ecumênico nos dias atuais como o foi na década de 1920 e posteriormente”, disse Gibaut. Segundo o teólogo, “a tarefa que enfrentaremos consistirá em ampliar os círculos e conversas em torno das questões de Fé e Constituição”.

Gibaut substituirá o reverendo Dr. Thomas F. Best, que está prestes a se aposentar. Pastor da Igreja Cristã Discípulos de Cristo, dos Estados Unidos, Best trabalha para o Conselho há 23 anos e desempenhava a função de diretor de Fé e Constituição desde 2004.

Fé e Constituição é um movimento histórico fundador do CMI. Essa Comissão tem o mandato de estudar questões de fé, constituição eclesial e culto que influem na unidade da igreja, bem como de examinar os fatores sociais, culturais, políticos, raciais e de outra índole que afetam a unidade.

A Comissão, integrada por 120 membros, entre os quais figuram representantes das igrejas membros do CMI, bem como de igrejas não membros como a Igreja Católica Romana, foi qualificada como o fórum teológico de base eclesial mais representativa do mundo.

Fonte: ALC