Cristãos são presos na Eritreia (Foto: Fundação ACN)
Cristãos são presos na Eritreia (Foto: Fundação ACN)

No dia 3 de agosto, 15 mulheres cristãs foram presas em um bairro da cidade de Asmara, capital da Eritreia. Elas foram levadas pelas autoridades enquanto se reuniam.

Os parceiros da Portas Abertas no local ainda não têm mais detalhes sobre a prisão das seguidoras de Jesus. Como geralmente acontece, as mulheres não têm benefícios no processo legal e podem enfrentar qualquer tipo de acusação.

Dentre as cristãs levadas sob custódia pelas autoridades está Tsedal, que reside nos Estados Unidos e já passou cerca sete anos na prisão. Todas permanecem presas na 5ª delegacia da capital e não há mais informações sobre as penas que receberão ou se serão libertas em breve.

A Eritreia ocupa o 6º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2021, onde a hostilidade aos seguidores de Jesus acontece em nível extremo e em todas as esferas da vida.

Centenas de cristãos ainda estão em prisões na Eritreia. Eles são mantidos pelo governo sob péssimas condições e muitos chegam a ser presos em contêineres em temperaturas escaldantes. Centenas de irmãos e irmãs foram detidos e presos nos últimos anos, alguns dos quais estão na prisão há mais de dez anos.

Fonte: Portas Abertas