A afirmação foi feita em meio às constantes discussões em ao redor do mundo sobre a perseguição religiosa em países como o Irã

Diante de tal afirmativa, a correspondente da CBN News, Jennifer Wishon, questionou o secretário de imprensa da Casa Branca, Jay Carney, sobre como os Estados Unidos pretendem promover tal liberdade, e pediu exemplos de como estão fazendo de tudo para ajudar os cristãos perseguidos no Irã.

Carney respondeu afirmando que estão apelando para o governo iraniano em favor dessas pessoas, e que ele mesmo já se levantou várias vezes através da tribuna da Casa Branca com esse propósito.

Apesar do novo acordo nuclear fechado entre os EUA e o Irã, Carney afirma que a posição do governo em relação a vínculos com o terrorismo e violação de direitos humanos no Irã permanece a mesma.

– De modo geral, apoiamos de forma agressiva a liberdade religiosa em todo o mundo e deixamos clara a nossa oposição em relação às políticas e países que restringem a liberdade religiosa, e isso é um amplo esforço abrangente – resume o secretário da Casa Branca.

[b]Fonte: Gospel+[/b]