Pastor Cesino Bernardino nasceu em Imbituba (SC), em 29/11/1934, filho de Bernardino José Cândido e Teodora Maria dos Santos. Aceitou a Jesus em Junho de 1947, então com 13 anos de idade, sendo batizado no Espírito Santo no mesmo mês e, nas águas, no ano seguinte.

[img align=left width=300]http://i0.wp.com/www.jmnoticia.com.br/wp-content/uploads/2016/07/2088001650-cesino-bernardino.jpg[/img]Em Julho de 1962 foi consagrado a presbítero ainda em Imbituba pelo então pastor presidente pr Hilário da Costa. Decidiu-se a dedicar tempo integral à obra em Fevereiro de 1964, a convite do pastor João Ungor, em Urubici, filiando-se a Ciadescp, convenção estadual, ocasião em que deixou sua atividade profissional de mordomo. Finalmente, em 15 de Janeiro de 1971 foi consagrado pastoreado pelo pastor João Ungor, em Urubici.

Em sua trajetória na direção de igrejas foi responsável pelos seguintes trabalhos: Urubici, de 1967 a 1971, subordinado ao pastor João Ungor; Canoinhas, já como pastor presidente, de 1971 a 1973; Balneário Camboriú, por um ano, em 1974; regressou a Urubici em 1975; Jaraguá do Sul também por um ano, em 1976, vindo, em seguida, para Camboriú, onde assumiu como pastor presidente em 25 de Janeiro de 1977, sendo seu antecessor o pastor Hilário Grignani, em reunião presidida pelo pastor Pedro Cardoso. Consta em ata o registro de suas primeiras palavras no púlpito desta igreja: “Unidos iremos trabalhar para a obra de Deus ir avante, crendo que o Espírito Santo irá ajudar-nos!”.

Sob sua liderança, devidamente alicerçada na rocha, que é Cristo, o trabalho prosperou de maneira maravilhosa, como não poderia deixar de ser, já que estava sendo executado por alguém realmente comprometido com o Evangelho. Existem pelo menos três características principais que os membros esperam de seu pastor e que os atrai a ele: honestidade, competência e inspiração. No trabalho pastoral, estes itens são indispensáveis para a construção de sua imagem, e, graças a Deus, estas são qualidades abundantes na vida do pastor Cesino.

No decorrer de sua administração houve a implantação de congregações nos mais diversos bairros, somando hoje 29 templos: sede, Areias, Caetés, Cedro, Cedro II, Cerro, Conde Vila Verde, Delatorre, Dois Irmãos, Dom Amaro, Jardim Aliança, Jardim Bela Vista, Jardim Palmeiras, Jardim Primavera, Jardim Razes, Jardim Regina, Jardim Tatiana, João da Costa, Lageado, Monte Alegre, Monte Carmelo, Monte Sinai, Nova Camboriú, Rio do Meio, Rio Pequeno, São Francisco, Tabuleiro, Vila Conceição e Vila da Pedra.

Dentre os muitos obreiros formados pelo pastor Cesino durante sua gestão, inclusive atuando em diversas localidades do país e até na presidência de convenções, relacionamos aqui alguns pastores por ele separados: Abdon Machado, Adésio Duarte, Amauri Geraldo, Amilton Rogério Oliveira, Antônio de Borba, Antônio Marciano Silva, Atílio Borduchi, Avelino Macelai, Donizeti Domingos de Moraes, Euclides Bernardi, Francisco de Assis de Oliveira, João Francisco do Amaral Tavares, Jorge Santos Cardoso, José Adão Pereira Duarte, José Corrêa, José Lima Damaceno, Julio Antonio Mafra, Lauro Schlösser, Luiz Borba, Nildair Vieira dos Santos, Osmar Pereira, Otávio Santos, Reuel Abreu Bernardino, Silas de Souza, Silvio Cardoso, Silvio Cardoso Junior, e, Zélio Russi.

Muitas foram as realizações levadas a efeito em nosso campo eclesiástico por intermédio desse valoroso servo de Deus, com destaque especial para a criação do departamento de missões Gideões Missionários da Última Hora, em 1980.

Com informações do Blog do pastor Hafner.

[b]Cerimônia do velório e enterro[/b]

A cerimônia do velório e enterro do pastor Cesino Bernardino, que faleceu na tarde deste sábado, 30, deve reunir milhares na cidade de Camboriú (SC).

A cerimônia do velório está sendo [url=http://www.gideoes.com.br/tv-gideoes]transmitida a vivo pelo canal dos Gideões Missionários na internet[/url], mas mesmo assim o local onde o corpo está sendo velado tem recebido milhares irmãos que estão indo dar seu último até logo ao “Pai das Missões” no Brasil.

A cerimônia começou no sábado e se encerra hoje, domingo. O local é o templo da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Camboriú, SC.

Segundo a assessoria do Gideões Missionários da Última Hora, o sepultamento será na próxima segunda-feira, dia 01 de agosto.

O pastor era fundador e presidente dos Gideões Missioneiros da Última Hora e da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, de Balneário Camboriú. Bernardino tinha 81 anos foi o fundador Congresso Internacional de Missões dos Gideões, evento que reúne milhares de pessoas dos quatro cantos do país todos os meses de abril em Camboriú (SC).

[b]Fonte: JM Notícia[/b]