Gugu Liberato morreu na sexta-feira, 22 de novembro de 2019, após um acidente doméstico, nos EUA
Gugu Liberato morreu na sexta-feira, 22 de novembro de 2019, após um acidente doméstico, nos EUA

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) lamentou, em mensagem publicada no Twitter, a morte de Gugu Liberato.

“Com profundo pesar presto solidariedade à família do apresentador Gugu Liberato. O país perde um dos maiores nomes da comunicação televisiva, que por décadas levou informação e alegria aos lares brasileiros. Que Deus o receba de braços abertos e conforte os corações de todos”, disse a mensagem, publicada pouco depois da meia-noite deste sábado (23).

Por meio de suas redes sociais, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que perdeu um “querido amigo”. 

“Muito triste com a morte do Gugu Liberato. O Brasil perde um grande talento, a TV brasileira um de seus principais comunicadores, e eu perco um querido amigo. Meus profundos sentimentos a todos os familiares e amigos do Gugu”, escreveu.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, também lamentou a morte do apresentador. 

“Triste a notícia da morte tão precoce do apresentador Gugu Liberato, um profissional que desenvolveu com grande talento a comunicação na televisão e era muito admirado pelas famílias brasileiras. Meus sentimentos aos familiares, colegas de profissão e fãs.”

Morte de Gugu

​Gugu Liberato, 60, teve a morte anunciada nesta sexta-feira (22). Ele morreu em um hospital em Orlando, no estado americano da Flórida, onde estava internado desde quarta (20). O apresentador, que morava em um condomínio nos arredores da cidade, caiu de uma altura de quatro metros, quando fazia um reparo no ar-condicionado instalado no sótão.

Gugu foi encaminhado a um hospital Orlando Health Medical Center. Devido à gravidade de seu estado, não foi indicado qualquer procedimento cirúrgico. Durante o período de observação, foi constatada a ausência de atividade cerebral, segundo a nota de falecimento, que não especifica a data exata da morte.

“Nosso Gugu sempre viveu de maneira simples e alegre, cercado por seus familiares e extremamente dedicado aos filhos. E assim foi até o final da vida, ocorrida após um acidente caseiro”, escreveu a família, em nota. Ainda não há detalhes sobre o traslado do corpo para o Brasil.

Doação de órgãos

Segundo informações dos médicos do Orlando Health Medical Center à família de Gugu Liberato, a decisão de doar todos os órgãos do apresentador pode beneficiar até 50 pacientes. Isso porque, além dos órgãos, é possível utilizar córnea, pele, ossos etc.

Os Estados Unidos têm um sistema bem mais avançado de doação de órgãos e já conseguem utilizar muitas partes do corpo que, no Brasil, ainda não são usadas para transplante.

De acordo com a assessoria de imprensa de Gugu, era desejo dele que todos os órgãos fossem doados.

“Ainda não temos detalhes sobre o traslado para o Brasil. Informações sobre velório e sepultamento serão passadas assim que tudo estiver definido.”, informa a assessoria de imprensa.

Fonte: Folha de S. Paulo