Geslyane Piassa, de 16 anos, estava desaparecida há cinco dias após uma reunião com o seu produtor musical.

A cantora gospel Geslyane Piassa, de 16 anos, foi encontrada em uma praça próxima ao aeroporto de Goiânia (GO), no último sábado (6), após passar cinco dias desaparecida. A adolescente foi encontrada enrolada em um cobertor e vestindo roupas de homem. Desorientada, ela tinha várias marcas de agulhas nos braços e afirma ter sido estuprada por usuários de drogas.

[img align=left width=300]http://i2.wp.com/noticias.gospelmais.com.br/files/2014/09/cantora-gospel-estuprada.jpeg?resize=460%2C305[/img]Em entrevista à Rede Record, a adolescente relatou que saiu de casa para uma reunião com seu produtor musical. Ela afirma que ao chegar ao local da reunião bebeu água oferecida pelo produtor, e que em seguida começou a se sentir tonta e foi levada pelo produtor para um motel. Confusa, ela afirma que não se lembra direito do ocorrido, mas relata ter sido abusada por usuários de drogas na rua.

A polícia afirma que já considera o produtor musical e um amigo como suspeitos, mas que ainda não pediu à Justiça a prisão preventiva de ninguém. A delegada responsável pelo caso explica que a adolescente, aparentemente, foi drogada por alguém e que ela será ouvida quando se recuperar psicologicamente, acompanhada por uma psicóloga.

Apesar de ter relatado ter saído para se encontrar com o produtor, com quem gravou um CD recentemente, a mãe da adolescente, Eliane Licatta, afirma que ela saiu de casa dizendo que ia a um salão de beleza. O pai da cantora, Ivo Piassa, afirma ela não tinha nenhum vício ou briga com alguém. Os pais afirmaram ainda que a filha não tinha um namorado e nunca deu sinais de que queria fugir.

[b]Fonte: Gospel +[/b]