A publicação traz um detalhado perfil do pontífice argentino e debate sobre os desafios que ele deve enfrentar para recuperar e reforçar a Igreja Católica na América Latina.

A revista semanal Time dedicou a capa da sua edição desta semana – 29 de julho – ao Papa Francisco, que está no Rio de Janeiro (RJ) celebrando a Jornada Mundial da Juventude (JMJ). No entanto, a organização gráfica da primeira página está gerando polêmica, pois a letra “M” do nome do periódico se mescla à foto do líder da Igreja Católica, se assemelhando a chifres vermelhos. O caso gerou repercussão nas redes sociais.

O título dessa edição é O Papa do Povo [The People’s Pope, em inglês]. Na reportagem principal da revista, intitulada Um Papa para os Pobres, a publicação traz um detalhado perfil do pontífice argentino e debate sobre os desafios que ele deve enfrentar para recuperar e reforçar a Igreja Católica na América Latina.

[img align=left width=300]http://images.christianpost.com/portugues/middle/56064/time-papa-chifre.jpg[/img]“No Brasil, o mais populoso dos países católicos no mais católico dos continentes, [o Papa Francisco] vai encarar, em microcosmos, os desafios com os quais a Igreja está confrontada ao redor do mundo: o magnetismo do evangelismo protestante e as tentações da cultura secular”, expressa o artigo da Time.

Essa não é a primeira vez que a revista faz esse tipo de ‘brincadeira’ em suas capas. Em edições anteriores, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, e o ex-presidente americano, Bill Clinton, também já foram ‘demonizados’.

Segundo o site da Time, esta edição com a imagem do papa foi divulgada na Europa, África, Ásia e Oceania.

A revista surgiu em 1923 nos EUA e traz notícias semanais de todo o mundo. A Time tem uma versão europeia, publicada em Londres, que cobre Oriente Médio, Ásia, e, desde 2003, a América Latina. Além disso, uma edição asiática é editada em Hong Kong e outra canadense é editada em Toronto. Este veículo de comunicação já chegou a ser apontado como a revista semanal de maior circulação do planeta. É um dos empreendimentos da Time Warner, que tem entre seus negócios, por exemplo, a Warner Bros e o canal HBO.

[b]Fonte: The Christian Post[/b]