Criminosos tentaram roubar o cofre da igreja, mas não conseguiram. Invasão aconteceu na madrugada deste domingo (21), em Santos.

A igreja São Judas Tadeu foi assaltada, na madrugada deste domingo (21), no bairro Marapé, em Santos, no litoral de São Paulo. Os criminosos tentaram abrir e roubar o cofre mas, como não conseguiram, levaram R$ 2 mil que estavam em uma gaveta e deixaram o setor administrativo todo revirado.

De acordo com funcionários da igreja, os assaltantes cerraram uma grade e quebraram um vidro de uma janela, que fica na lateral da igreja, para conseguir entrar no local. Em seguida, se dirigiram a um quadro de chaves, pegaram a correspondente a sala de finanças e conseguiram entrar no local.

[img align=left width=300]http://s2.glbimg.com/mRuoXrUTOk0d2aLAY2T_q7ltc3I=/620×465/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2014/12/21/img-20141221-wa0002.jpg[/img]Os assaltantes reviraram armários, tentaram abrir o cofre e até arrastá-lo, mas não conseguiram. Eles fugiram com R$ 2 mil que estavam em uma gaveta da sala.

Lurdes Oliveira, que faz parte da comissão de finanças da igreja, conta que ninguém viu a ação. Os funcionários chegaram pela manhã e encontraram tudo revirado. Segundo ela, os criminosos não conseguiram levar o cofre, onde estava todo o pagamento dos funcionários. Para Lurdes, a ação foi extremamente suspeita. “Tem muitas coisas duvidosas nisso tudo. Os criminosos sabiam que as finanças ficavam no 1º andar e foram direto para o local tentar furtar”, disse ela. Além disso, ainda não se sabe como os criminosos fugiram, já que a janela por onde entraram fica a mais de dois metros de altura. “Há muito mistério porque as portas não foram arrombadas. A única que foi forçada foi a que dá acesso ao setor de finanças. Estamos muito aborrecidos”, lamentou Lurdes.

A igreja tinha alarme mas, a alguns dias, o equipamento quebrou e não tinha sido consertado. Mesmo com muitas dívidas, depois do episódio, Lurdes terão que investir em mais segurança. “A gente estava acertado para pagar as dívidas e agora teremos que colocar câmeras de segurança”, disse.

O conselho da Igreja se reuniu e chamou a Polícia Militar. Uma perícia vai ser realizada no local. As missas e os batizados ocorreram normalmente, na manhã deste domingo e, os frequentadores foram informados sobre o assalto na igreja.

[b]Fonte: G1[/b]