Campeão paralímpico Daniel Dias
Campeão paralímpico Daniel Dias

O supercampeão paralímpico Daniel Dias é um dos atletas que conta sua história de fé em Cristo em “Luta e Triunfo” (Struggle and Triumph, título em inglês).

Além do nadador brasileiro, há depoimentos de fé de outros atletas cristãos, como a americana Lauryn Williams, a chinesa Li Yan e o queniano Wilson Kipsang, que contam como a fé os ajudou a superar as lutas e a encontrar suas verdadeiras identidades em Cristo.

Os filmes foram produzidos pela organização esportiva internacional cristã Atletas em Ação. Ela explica que a ideia foi mostrar como todos esses atletas olímpicos experimentaram “amor, redenção e propósito” ao longo de seus processos de luta e triunfo, e usar suas histórias para convidar os espectadores e leitores dos testemunhos publicados no site da Atletas em Ação a ter um relacionamento pessoal com Jesus.

Daniel Dias, que teve uma infância difícil, relata que por sua deficiência física às vezes era chamado de nome que o magoava quando criança. Ele conta que foi observando os Jogos Paraolímpicos em Atenas, que descobriu que havia esportes para pessoas com deficiências e, em apenas oito lições, aprendeu os quatro estilos da natação: borboleta, nado de costas, nado peito e nado livre.

“Era a maneira de Deus me dizer: ‘Este é o seu dom. Use-o para falar de mim’”, conta Daniel durante o filme.

Em 2008, Daniel Dias viajou para Pequim para competir nos Jogos Paralímpicos, onde ganhou nove medalhas, mais do que qualquer outro competidor.

Nos Jogos Paraolímpicos de 2012 em Londres, Daniel teve a honra de levar a bandeira do Brasil. Ele ganhou seis medalhas de ouro e estabeleceu seis novos recordes mundiais.

“Estou começando a entender por que Deus me fez assim. Mas o principal é servi-lo. E viver minha vida como um seguidor de Cristo. Todas essas conquistas vão desaparecer, mas o amor de Cristo nunca vai desaparecer”.

A cada quatro anos, o mundo olha para o esporte por duas semanas. As manchetes dos meios de comunicação concentram-se nos Jogos Olímpicos e todos querem ver o país ganhar uma medalha de ouro. Mas ser olímpico e ganhar uma medalha é muito difícil.

“Os sonhos só são alcançados com a derrota e a vitória”, afirma a Atletas em Ação. É isso que eles mostram no filme, que “retrata a realidade, que as lutas são uma parte natural de alcançar algo grandioso”.

“Os atletas olímpicos apresentados neste filme alcançaram triunfos notáveis, mas não sem enfrentar enormes obstáculos”, afirmam em seu site.

Daniel Dias conta que a partir do momento que começou a ter um relacionamento sincero com Cristo, tudo mudou. “Ele me mostrou várias coisas, e eu pude entender que eu sou a vontade de Deus e que Ele entregou seu único filho para morrer no meu lugar. Quando entendi isso, entendi o amor de Pai”, diz o atleta.

Em seu depoimento ainda, Daniel estimula as pessoas a conversarem com Deus e entregarem suas vidas a Ele. “Com essa decisão, tudo pode mudar”, afirma.

Fonte: Guia-me com informações de Evangelical Focus