O sertanejo Cauan: internado e no momento da alta após Covid-19. (Foto: Reprodução/Veja)
O sertanejo Cauan: internado e no momento da alta após Covid-19. (Foto: Reprodução/Veja)

O cantor sertanejo Cauan, da dupla com Cleber, recebeu alta hospitalar nesta quarta-feira (26) após ficar mais de dez dias internado por causa da Covid-19.

O sertanejo chegou a ficar na UTI em estado grave e teve 75% dos pulmões comprometidos.

Ele saiu da unidade por volta das 11 horas da manhã e deu uma entrevista coletiva juntamente com médicos responsáveis. Cauan estava em uma cadeira de rodas e com o rosto coberto por máscara e disse que as pessoas não façam festas e ainda cantou uma música evangélica.

“Já estou curado, não transmito mais o vírus, agora já posso circular. Mas tenho que dar exemplo usando máscara, até porque, já existem casos de reinfecção”, afirmou.

‘Deus curou muita coisa’

Ainda no hospital, quando saiu da UTI para o quarto, Cauan explicou sua situação.

“Ontem saí da UTI após 10 dias internado (…) Eu não se vocês souberam, tive um comprometimento de 75% dos pulmões”, disse. Ele falou que começou a melhorar. “Tive a oportunidade de vir pro quarto, graças a Deus to bem”.

Cauan falou ainda que em um certo momento chegou a querer morrer. “Já sabia que se fosse [para o hospital] ia ter que ficar internado. Tive dois momentos muito difíceis que fiquei com muito medo, não sei nem explicar o que sentia naquele momento. Pensava que se morresse era mais vantagem. Deus me deu muita força. Veio uma força interior dentro de mim e veio mudando. Deus curou muita coisa.”

Os pais do cantor, que também estão com Covid-19, continuam internados.

Fonte: Guia-me com informações de VEJA