Cartaz do filme
Cartaz do filme "Lifemark" (Foto: Divulgação)

O filme cristão “Lifemark – Marcas da Vida”, que aborda a questão pró-vida, entrou na lista global dos 10 melhores da Netflix e alcançou o primeiro lugar em vários países.

No final de abril, Lifemark se destacou em 8º lugar entre os filmes de língua inglesa em todo o mundo e ficou no Top 5 em cerca de 12 países latino-americanos, incluindo o 1º lugar na Argentina, Venezuela e Uruguai.

Conforme o Christian Headlines, o longa ficou em 2º lugar na Guatemala e no Equador, em 3º no Brasil, Peru, Chile e México e em 4º na Colômbia e Honduras.

Nesses países, a produção é conhecida como “Marca de Vida” e registrou 3,5 milhões de visualizações na mesma semana.

Lifemark entrou no Top 10 global da Netflix, embora não esteja nas plataformas Netflix nos Estados Unidos. No país, o filme é transmitido no serviço de streaming cristão “Great American Pure Flix” e pode ser alugado ou comprado em outras plataformas.

Enredo

Lançado em setembro de 2022 nos EUA, o filme conta a história de Melissa, uma mãe em processo de aborto, que decide no último minuto não ficar com seu bebê e entregá-lo a uma agência de adoção.

Dezoito anos depois, ela decide procurar a agência para entrar em contato com David, seu filho biológico. Então, ele viaja para conhecê-la acompanhado por seus pais adotivos.

A empresa cinematográfica de filmes cristãos Kendrick Brothers, que produziu Lifemark, é a mesma responsável pelas produções de “Mais que Vencedores” e “Quarto de Guerra”.

O longa foi produzido pelos cineastas cristãos Alex e Stephen Kendrick e dirigido por Kevin Peeples, mesmo diretor de “Like Arrows”. É estrelado por Kirk Cameron como o pai adotivo e Raphael Ruggero no papel principal do adolescente David.

O elenco também conta com o premiado ator e escritor Alex Kendrick. Em uma entrevista à CBN News, ele contou que muitas pessoas aceitaram Jesus nos cinemas americanos após a transmissão do filme.

Stephen descreveu a produção como um “filme inspirador para toda a família” que promove o “valor da vida no útero” e inclui mensagens de afirmação da vida sobre adoção e aborto.

“Esperamos que isso não apenas salve muitas vidas, mas que inspire muitos crentes a apoiar a adoção em suas comunidades locais, quer adotem uma criança ou que apoiem outros amigos que estão adotando”, disse Stephen ao Crosswalk Headlines.

“Temos alguns amigos que Deus os orientou a adotar, mas eles não tinham dinheiro para isso. Mas os crentes os cercaram e começaram a doar e apoiá-los, e simplesmente ficaram ao lado deles e forneceram o que precisavam”, acrescentou.

No X, a empresa Kendrick Brothers publicou: “Deus não terminou com Lifemark”. Em 28 de agosto deste ano, a empresa lançará “The Forge”, nos cinemas americanos.

Fonte: Guia-me com informações de Christian Headlines

Comentários