Donna Creer, uma grande figura influente na indústria da música gospel, morreu em sua cama de manhã cedo na quarta-feira, junto com seu marido, Donald Creer, depois que um suposto incendiário ateou fogo em sua casa.

Os Creers foram encontrados mortos em seu quarto em sua casa na Estrada Markwood 405, em Little Rock, Arkansas, após os bombeiros responderem às 03:11 ao incêndio, de acordo com a porta-voz da Polícia de Little Rock Departamento, a sargenta Cassandra Davis.
Davis disse ao The Christian Post quarta-feira que os Creers foram encontrados mortos no local e foram transportados para os hospitais separados. Não se soube imediatamente por que Donald Creer, de 51 anos, foi levado para o Centro Médio St. Vincent Infirmary e Donna Creer, 57 anos, foi recebida no Centro Médico Baptist Health. O marido e mulher foram declarados mortos na chegada.

[img align=left width=300]http://images.christianpost.com/portugues/middle/55881/donna-creer.jpg[/img]Embora a causa oficial da morte ainda não tenha sido determinada em ambos os casos, com as autópsias pendentes, o sargento Davis disse que as mortes estavam sendo visto como suspeitas. Os corpos das vítimas supostamente não mostraram quaisquer sinais visíveis de ferimentos. O sargento Davis se recusou a compartilhar mais informações sobre o caso, à medida que a investigação está em curso.

Funcionários do Corpo de Bombeiros informaram o departamento de polícia que após a sua chegada, eles descobriram uma porta de vidro deslizante desbloqueada na parte traseira da casa. As autoridades ainda não conseguiram determinar o que pode ter ocorrido no interior da casa no momento do incêndio mortal, e não nomeou nenhum suspeito ou um motivo para o caso.

O sargento Davis foi incapaz de fornecer informações sobre a extensão dos danos na casa dos Creers devido ao incêndio e onde exatamente no lar o fogo pode ter começado. O Corpo de Bombeiros de Little Rock não respondeu ao pedido do Christian Post para comentar o tempo da imprensa.

Donna Creer, introduzida no Broadcasters Hall of Fame, é creditada por seu impacto na indústria da música gospel através de uma carreira que viu a programação direta em várias estações de rádio de Arkansas baseadas na fé.

Ela também atuou como presidente da Corporação de Anunciadores Gospel de Arkansas Gospel e segundo vice-presidente do Workshop de Música Gospel da Corporação de Anunciadores Gospel da América. Mais recentemente, Creer estava servindo como um diretora executiva na Magnet School of America, uma organização que representa 2.000 escolas públicas especializadas nos EUA. Creer já havia servido como presidente da organização.

Creer e seu marido, supostamente um comissário de bordo da Southwest Airlines, não tinham filhos, de acordo com um amigo próximo.

A notícia da morte do casal foi um choque para os adeptos e colegas, muitos dos quais compartilharam sua dor on-line quarta-feira.

“Donna Creer era um motor e uma agitadora na indústria da música Gospel!” disse o produtor ganhador do Grammy e Stellar Award, Kevin James Bond, no Twitter. “A vida é preciosa (aprecie-a).”

A jornalista de entretenimento Jawn Murray escreveu: “Triste com a notícia da morte de uma amiga, uma das mulheres mais brilhantes que eu já conheci (e) uma verdadeira diva.”

“Sinto muito em ouvir da morte de Donna Grady Creer – ela era uma grande mulher e uma grande luz na indústria Gospel – vou sentir falta dela”, acrescentou a Dr. Teresa Hairston, fundadora e editora emérita do Revista Gospel Today.

Grant Jenkins, diretor do programa de ministérios de família na Igreja Cross Point em Nashville, Tennessee, tuitou: “Chocado e entristecido com a notícia do falecimento da minha amiga Donna Creer. Ela era ‘bom negócio’ e fará falta.”

[b]Fonte: The Christian Post[/b]