O Instituto Teólogico Cristão “Arastamr”, localizado em Jacarta, capital da Indonésia, foi alvo de violentos confrontos realizados na semana passada entre cristãos e muçulmanos. As instalações foram danificadas e as autoridades ameaçam fechá-lo.

O instituto, que pertencente a protestantes, foi fundado em 1987 pelo pastor Mathew Mangentang e possui 29 sedes espalhadas por toda a Indonésia. Há uma polêmica quanto à existência ou não de uma licença de funcionamento para operar que está sendo investigada pela polícia.

Apenas em Jacarta o instituto abriga milhares de estudantes, sendo que 265 deles ficaram gravemente feridos nos confrontos dos últimos dias, após serem atingidos por coquetéis molotov.

Por causa dos conflitos, cerca de 1500 alunos estão agora hospedados no quartel da polícia e na sede de um partido político de inspiração cristã. A situação ainda é muito crítica e não está descartada a possibilidade de ocorrerem outros episódios de violências.

Boato

As tensões entre cristãos e muçulmanos aumentaram no último dia 26, depois do boato de que um estudante do instituto teria roubado uma bicicleta de um muçulmano que vive num bairro adjacente ao instituto. Tal acusação foi desmentida por Senny Manafe, diretor da instituição.

Suspeita-se de que o presidente do Fórum dos Irmãos Muçulmanos do povoado de Pulo Kampung, Risman Hadi, seja a pessoa que estaria fomentando ainda mais as violências e acusações contra o Instituto Teológico. Ele se opôs no passado à fundação e às atividades realizadas pela instituição.

Pedidos de Oração:

– Ore pela situação em Jacarta. Peça pela paz entre cristãos e muçulmanos.

– Ore pela plena recuperação dos feridos e para que eles perdoem os seus agressores.

– Ore para que todas as tentativas de fechar o instituto sejam frustradas.

Fonte: Portas Abertas