O Itamaraty renovou o passaporte diplomático do bispo e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo, e sua mulher, Ester Eunice Rangel Bezerra.

A informação foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (11/11).

passaporte especial permite um tratamento diferenciado em aeroportos para seus portadores. Além disso, o passaporte dispensa a revista em vários países e faz com que o bispo não precise pegar filas. Macedo é dono de 90% da TV Record enquanto sua esposa é proprietária do restante das ações.

O documento é concedido para vários cardeais católicos e líderes evangélicos também passaram a solicitar o passaporte diplomático. Romildo Ribeiro Soares, cunhado do bispo, também possui o documento especial.

Essa não é a primeira vez que a concessão de passaportes diplomáticos causa polêmica. No início deste ano, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e o MPF (Ministério Público Federal) contestaram a emissão dos documentos para dois filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em setembro, a Justiça Federal de São Paulo recebeu parcialmente a acusação do MPF em São Paulo e abriu processo contra o líder mundial da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo, e mais três pessoas.

[b]Fonte: Última Instância[/b]