Pastor Edson Rebustini assume entidade após 21 anos de dedicação do pastor Jabes de Alencar.

O CPESP (Conselho de Pastores do Estado de São Paulo) tem nova diretoria. Pastor Edson Rebustini, da Igreja Bíblica da Paz, assume a entidade no lugar do pastor Jabes de Alencar, fundador do Conselho. A assembleia que elegeu a nova diretoria, aconteceu na Igreja Batista do Povo, na Vila Mariana em São Paulo, na quarta-feira, 19, e reuniu pastores e líderes das mais diversas denominações.

Além do tradicional café, o encontro serviu para agradecer a Deus pelo centenário do pastor Enéas Tognini. Fundador da Batista do Povo e formado em Teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, no Rio de Janeiro, pastoreou a Igreja Batista do Barro Preto, em Belo Horizonte, e a Igreja Batista de Perdizes, em São Paulo.

Tognini viajou por mais de 20 anos pelo Brasil, tornando-se um dos pioneiros da propagação de Renovação Espiritual. Autor de mais de 40 livros, foi condecorado confrade da Academia Evangélica de Letras. Recebeu também o título de Cidadão Paulistano.

Durante o culto especial, Enéas Tognini ainda recebeu uma homenagem do governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e um placa do CPESP referente sua vida dedicada a obra cristã. “Ninguém faz cem anos se não for um sábio. Pastor Enéas tem uma vida dedicada ao Brasil. É um evangelizador”, declarou Alckmin.

Após a homenagem, pastor Jabes Alencar abriu a plenária para eleição da nova diretoria do CPESP, onde o nome do pastor Edson Rebustini foi conduzido ao cargo. “Meu desejo é levar mais pastores a este momento de oração um pelos outros. Quero servir a Igreja e este é o meu propósito”, enfatizou Rebustini, aproveitando para elogiar o trabalho do pastor Jabes Alencar com seus 21 anos à frente da entidade.

[b]Fonte: Gospel Prime[/b]