O pastor abusou sexualmente das jovens com a alegação de que o Espírito Santo precisava de cinco mulheres para dar a luz aos “salvadores do mundo”

O caso ocorreu na cidade de Pinheiro, no Maranhão, mas serve de alerta para todo o Brasil.

Com a alegação de que o Espírito Santo precisava de cinco mulheres para dar a luz aos “salvadores do mundo”, o pastor José Pedro dos Santos, 60 anos, teria abusado sexualmente de cinco garotas, entre as quais duas estão grávidas.

Uma de 14 anos está no quarto mês de gravidez, enquanto a segunda, de 15 anos, entra no oitavo mês de gestação. No depoimento à Polícia, o pastor afirma que não teve relações com as garotas e que as duas jovens foram agraciadas com um “milagre”.

Ainda no depoimento, o pastor José Pedro afirmou ter recebido uma visão de um anjo mostrando os rostos das cinco garotas que deveriam engravidar e mesmo assim continuariam virgens.

Na cidade, a delegada que acompanha o caso, Laura Amélia Barbosa, já começou a ouvir as jovens e para surpresa de todos, elas também acreditam que estão grávidas do Espírito Santo, embora tenham confirmado em depoimento que tiveram relações sexuais com o pastor, que segue preso na Delegacia Regional de Pinheiro.

[b]Fonte: Tribuna Hoje[/b]