Kleber Lucas
Kleber Lucas

Em meio a polêmica envolvendo o jornalista William Waack, da TV Globo, o cantor gospel Kleber Lucas denunciou o racismo presente nas igrejas evangélicas do país.

O pastor e cantor revelou alguns dos vários insultos que já sofreu, muitos deles vindo de pastores.

“Eu convivo com o racismo dentro e fora do meio evangélico. Quando saí de Goiânia, em 1997, ouvi de um pastor: “você é um preto safado, seu lugar é na favela. Se você acha que vai ter lugar no Brasil, esquece, você não tem onde cair morto”, contou.

Fora da igreja, ele disse que também sofreu racismo. Ele citou o caso quando foi cercado por policiais em um shopping da região nobre do Rio de Janeiro e também quando foi maltratado por um vendedor de carros em uma agência.

“A fala do jornalista é sintomática. Ainda representamos a escória social pra muita gente que são ignorantes quanto a nós”, declarou Kleber Lucas que hoje é pastor da Igreja Soul, além de ser um dos principais nomes da música gospel nacional.

Ao citar o que ele é hoje, Kleber Lucas citou sua discografia, que venceu o Grammy Latino em 2013, além de ter graduação em teologia e cursar pós-graduação em “Missão Integral no Contexto Urbano”.