Líderes de diferentes religiões fizeram uma vigíla na noite de segunda-feira (27) na Catedral Basílica de Curitiba. A chamada vigíla pela paz foi um momento de oração, meditação e união contra a intolerância política, religiosa e contra as agressões a refugiados e migrantes.

[img align=left width=300]http://s2.glbimg.com/K1E1q_kBqDSr2WuWNtCu5PI-DuU=/620×465/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2016/06/28/arquidiocese.jpg[/img]A decisão de fazer a vigíla, de acordo com a Arquidiocese de Curitiba, foi tomada diante do visível acirramento dos debates políticos, religiosos e sociais.

Participaram das orações

Muçulmanos: Sayed Amir Hachem, líder espiritual, e Gamal Oumain, diretor religioso
Fé bahá’í: Janete Argenton
Igreja Anglicana: Dom Naudal Alves Gomes
Catolica Ucraniana: Dom Volo Demer
Umbanda – Conselho Mediúnico do Brasil: Dorival Simões
Ortodoxa Ucraniana: Dom Jeremias Ferens
Comunidade judaica do Paraná: rabino Pablo Berman
Igreja Batista Bairro Bom Retiro: pastor Samuel Pinheiro

Cada líder apresentou uma prece seguindo as tradições da religião que representa.

[b]Fonte: G1[/b]