Shopping Vida
Shopping Vida

Um dos maiores “atacarejos” às margens da Via Dutra na altura de São João de Meriti (RJ), o Shopping Vida, está fazendo um processo seletivo em que exige que o candidato seja membro de igreja evangélica, de acordo com o colunista de O Globo, Ancelmo Gois.

“Oportunidade de emprego aos MEMBROS da igreja no Shopping Vida”, diz o anúncio da loja e ainda manda anexar o currículo coom o carimbo da igreja.

Para o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Trabalho (MPT), trata-se de “racismo religioso” por “discriminar pessoas de outros religiões”.

Durante as investigações do inquérito que apura os crescentes casos de ataques a templos de religiões de matriz africana na Baixada, sacerdotes já tinham relatado ao MPF “vários casos de discriminação no mercado de trabalho naquela região”.

MPF e MPT propuseram um Termo de Ajustamento de Conduta ao Shopping Vida, em que a empresa se comprometeria a “assegurar a igualdade na oferta de vagas, em respeito à liberdade religiosa”, além de um demonstrado “compromisso de valorização das comunidades religiosas de matriz africana”. 

O anúncio de emprego do Shopping Vida
Anúncio de emprego do Shopping Vida

Fonte: O Globo