Alguns moradores da região central de Tangará da Serra, Mato Grosso, estão indignados devido ao imenso barulho provocado pela Igreja Assembléia de Deus, durante a realização de cultos religiosos.

A igreja, localizada próximo a delegacia, na rua Antônio José da Silva (7), e que está passando por uma reforma é alvo de moradores da região que não agüentam mais o barulho, e pedem que exigências sejam tomadas.

O incômodo causado pela igreja é tanto, segundo alguns moradores que preferiram não se identificar, que uma moradora está fazendo um abaixo assinado para que providências sejam tomadas.

A moradora Evelin Neves de Macedo afirma que quase todos os dias após às 10h, o som que vem da igreja torna-se insuportável, atrapalhando as pessoas que precisam dormir e descansar.

Segundo Evelin, quando a igreja realiza confraternizações, a rua localizada atrás do templo é fechada pelos carros, sendo impossível transitar. “O que todos os moradores desejam é que o som que sai do local seja amenizado, respeitando assim o espaço do próximo”, afirma.

O pastor da igreja, Régis Barbosa Cerqueira, afirma que está fazendo o possível e o impossível para que o barulho da igreja seja amenizado. Ele diz que como o novo templo da igreja está em fase de reforma, as janelas e o espaço é aberto, o que possibilita que o som se propague com maior intensidade.

Ele explica ainda que só existe um maior barulho quando a igreja realiza alguma confraternização, que conta com uma quantidade maior de pessoas. Diante disto, Cerqueira declara que o novo templo ficará pronto, provavelmente no mês de julho. “A partir de então não haverá mais reclamações de moradores relacionados ao barulho”, destaca o pastor. Cerqueira frisa ainda que com relação a rua localizada na lateral da igreja, e que é fechada quando há algum evento maior, ele tem a autorização da Polícia Militar para que o mesmo seja feito.

Fonte: Diário da Serra