Um padre católico foi encontrado morto nesta quarta-feira na casa paroquial de sua igreja, em Eureka, no estado americano da Califórnia.

Dado o estado em que foi encontrado o corpo – com marcas de violência, segundo a rede CNN – a polícia descartou a hipótese de suicídio e iniciou uma investigação de assassinato, confirmou o chefe de polícia Andy Mills, mas ainda não há suspeitos.

[img align=left width=300]http://veja4.abrilm.com.br/assets/images/2014/1/196036/Eric-Freed-size-598.jpg?1388659556[/img]O prefeito de Eureka, Frank Jager, identificou a vítima como o reverendo Eric Freed, a quem ele chamou um amigo e uma “tremenda pessoa nesta comunidade”. Freed estava em Eureka, pequena cidade costeira do norte da Califórnia situada a cerca de 440 quilômetros ao norte de San Francisco, há três anos e era responsável pela igreja e paróquia de St. Bernard, onde foi encontrado.

As autoridades locais fecharam a igreja e já começaram a ouvir pessoas próximas ao padre, que frequentavam suas missas e acompanhavam seu cotidiano. O carro que Freed usava, um Nissan Altima 2010, está desaparecido, mas o chefe de polícia afirmou que ainda não há nenhuma relação direta com o sumiço do automóvel e morte do padre.

[b]Fonte: Veja.com[/b]