Pastor José Teles Carneiro Filho, de 50 anos, morreu durante culto no interior do Tocantins (Foto: Reprodução/Facebook)
Pastor José Teles Carneiro Filho, de 50 anos, morreu durante culto no interior do Tocantins (Foto: Reprodução/Facebook)

Por G1 Tocantins

O pastor José Teles Carneiro Filho, de 50 anos, morreu durante um culto no município de Rio Sono, na noite deste domingo (24). A suspeita é que ele teve um ataque cardíaco fulminante.

Médicos que acompanhavam o evento fizeram os primeiros socorros e o levaram para o hospital da cidade. A suspeita é que ele tenha chegado morto na unidade.

José Teles era o presidente da Assembleia de Deus Ciadseta Palmas-Sul desde o ano de 2010. Ele estava no interior do Tocantins para participar da posse do novo pastor que assumiu a igreja em Rio Sono.

A vítima morreu na mesma igreja onde foi pastor por 14 anos. A maioria dos fiéis que acompanhava o culto o conhecia.

Segundo testemunhas, o culto já havia começado, quando o pastor se sentiu mal, por volta das 20h20. Ele estava sentado no púlpito, ao lado de outros obreiros, quando deu um suspiro, escorregou na cadeira e caiu desacordado.

Membros da igreja confirmaram que o pastor estava tratando de problemas cardíacos e tinha pressão alta.

O corpo do líder religioso foi velado na igreja Assembleia de Deus Ciadseta localizada na avenida Tocantins, em Taquaralto, região sul de Palmas. A previsão era que o corpo fosse levado no início da tarde para Aparecida do Rio Negro, onde seria enterrado.

José Teles deixa esposa, três filhos e cinco netos.

Fonte: G1