Um pastor foi preso em Manaus sob acusação de abuso sexual de uma menina de oito anos de idade.

A denúncia foi feita pela mãe, que chamou a polícia após o relato da criança.

O pastor, que não teve a identidade revelada, teria 55 anos e o episódio considerado como estupro de vulnerável teria acontecido no banheiro da igreja e depois, na residência pastoral.

Policiais da 30ª Companhia Comunitária Interativa (Cicom) atenderam a ocorrência e efetuaram a prisão do pastor, que foi levado para a Delegacia Especializada de Assistência e Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA).

Segundo a mãe da menina, o pastor teria se oferecido para lavar as mãos da criança após ela se sujar com um lanche em frente à igreja. No banheiro, ele teria colocado a mão por dentro das roupas da criança. Numa segunda ocasião, ele teria convidado a menina para assistir DVDs do seriado Chaves em sua casa, onde teria repetido o abuso.

De acordo com informações do G1, o pastor teria dito à delegada da DEPCA que possui uma coleção de bonecos infantis e a teria usado para atrair a menina.

“A mãe percebeu a ação do pastor e chamou a Polícia Militar, que realizou a prisão em flagrante. A criança diz que o pastor praticou o ato, pela primeira vez, quando ela pediu para lavar as mãos depois que eles foram a uma lanchonete. Na segunda, ele soube que a criança gostava do personagem Chaves e se utilizou disso para atrair a menina”, afirmou a delegada Linda Gláucia, responsável pelo caso.

O pastor negou ter abusado da menina durante o depoimento. Como a prisão foi feita em flagrante, ele deverá ser transferido para um presídio, onde permanecerá durante o inquérito.

[b]Fonte: Gospel+[/b]